jusbrasil.com.br
3 de Agosto de 2021
    Adicione tópicos

    Relatório para audiência trabalhista

    Relatório para audiência trabalhista.docx
    Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

    Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

    Relatório Audiência

    RECLAMANTE:

    RECLAMADA:

    Data:

    Hora: Chegada:

    Preposto:

    Testemunhas:

    Contrato de trabalho: Salário:

    Proposta de Acordo:

    Verbas: Provas Ônus da Prova

    1 – Intervalo intrajornada Cartões de ponto Reclamada

    2 – Insal/Periculosidade Pericial Reclamante

    3 – Equiparação Testemunhal Reclamada

    4 – Acúmulo de função Testemunhal Reclamante

    Fatos a serem provados em audiência:

    Equiparação. Diferença de produtividade e perfeição técnica, que não realizavam soldagem robótica, programação de equipamentos.

    Acúmulo de função. Que operação de empilhadeira, ponte rolante, ajustador de ferramentas, são operações da função do reclamante.

    Perguntas ao preposto (que o juiz ou a parte pode fazer):

    Qual a função do Reclamante? Soldador

    Qual o período que o reclamante trabalhou na empresa? De maio/2011 a maio/2015.

    O reclamante tinha intervalo de refeição? Sim, fez uma hora de 2011 a maio/2014 e depois reduzimos para 30 minutos.

    O reclamante operava ponte rolante? Sim, devido ao peso das peças que ele manuseava.

    O reclamante operava empilhadeira? Não, nós tínhamos pessoal pra isso.

    O reclamante fazia a mesma coisa que o Renato? Não, ambos soldavam mas o Renato realizava trabalho mais complexo diante da sua experiência e conhecimento técnico.

    Perguntas as nossas testemunhas:

    Perguntas à TESTEMUNHA 1:

    O Ricardo tinha mais experiência que o Renato na solda?

    O Renato fazia a mesma coisa que o Ricardo?

    Porque o Renato realizava tarefas mais complexas?

    Quais tarefas são essas?

    A produtividade do Renato era maior que a do Ricardo?

    Renato possuía mais conhecimento que o reclamante?

    Quais peças o reclamante soldava? E o Renato?

    Ambos trabalhavam no mesmo turno?

    O reclamante poderia soldar qualquer peça? E o paradigma?

    A operação da ponte rolante servia para que?

    Era necessário a operação da empilhadeira para o trabalho do soldador?

    Quem fazia a operação da empilhadeira?

    Viu o reclamante alguma vez operando a empilhadeira?

    Ajuste de montagem faz parte das funções do soldador?

    Perguntas à TESTEMUNHA 2 (se necessário):

    Qual a política de salários da empresa?

    O reclamante tinha mais experiência que o Renato?

    As peças soldadas pelo Renato eram melhores do que as do Ricardo?

    O Renato possuía curso técnico? E o Ricardo?

    Operar ponte rolante faz parte do trabalho do Soldador?

    O soldador pegava as peças como?

    O ajuste das ferramentas também faz parte do trabalho do soldador?

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)